22 agosto, 2007

149

A crianca é igual à mãe. Vai sentada tal e qual: costas curvadas por uma carga invisível; olhar em frente mas vago para que não se direccione a alguém específico; as mãos espremidas uma na outra sobre o colo.
A crianca está prestes a chorar, e também nisso é igual a mãe: contém um choro adulto.

6 comentários:

f disse...

149 em que sentido?

Anónimo disse...

Edmonton? London Bridge? Sera que importa?

pessoana disse...

Este número inspira-me! Gosto disso!:-) Imagino o autocarro 149. Vem dos subúrbios para o centro e vice-versa. Quando chegarem ao London Eye, mãe e filha começam a chorar! Olhos nos olhos! Beijos e boas escritas!

Amarino disse...

Muito bom. :)

Se pudesse, agradecia que passasse no meu blog, por uma opinião. :)

Obrigado.

Anónimo disse...

muito bom... se Mãe e Filho não fossem a mesma carne, eu ão teria cortado a ligação umbiligal.

Soulness disse...

Na seio multi-cultural, as crianças são já um espelho da massa uniforme da população ocidental.